Abasteça sua campanha com informações confiáveis.

Francisco Ferraz
Publicado em: 26/06/2017

Uma campanha pode ser encarada como um esforço coordenado para :

A qualidade de uma campanha depende diretamente da qualidade da informação com a qual a equipe trabalha. Informação de má qualidade (imprecisa, incompleta e incorreta) empurra a campanha para o perigoso território dos palpites, da intuição e do ativismo voluntarista. O candidato e sua equipe estão sempre realizando estimativas. Há, entretanto, uma enorme diferença entre fazer isso com base em informações confiáveis - ainda que insuficientes - e em informações não confiáveis, de baixa qualidade.

Foi o entendimento do papel decisivo e insubstituível da informação confiável para subsidiar decisões do candidato durante a disputa eleitoral que provocou a mais importante das transformações ocorridas nas campanhas no século 20: a inclusão da pesquisa política no núcleo central de estratégia. Hoje não mais se concebe uma campanha feita às cegas, baseada apenas na sempre discutível experiência, na intuição e na improvisação. Não é possível construir uma campanha eleitoral eficiente sem informações precisas e confiáveis sobre o eleitorado, suas disposições, avaliações, interesses e prioridades

 

Este texto pertence a uma coluna com acesso restrito, para continuar lendo cadastre-se e escolha entre um dos planos de assinatura.

Assine Aqui

Já sou assinante

Informe seus dados abaixo para continuar.



Esqueci minha senha

 

COMPARTILHAR

Área do usuário:

E-mail

Senha

> Esqueci minha senha

> Quero me cadastrar

Curta nossa página no Facebook Siga-nos

Opinião do leitor

Boa tarde senhores, sou um leitor diário do política para políticos há muito tempo. Inclusive participei do último curso ministrado pelo Francisco Ferraz em Porto Alegre.

Manuel Ramalho de Souza Nunes
Montenegro - RS

Leia mais >>