Não tema a reputação dos defeitos que o ajudam a ter poder.

Francisco Ferraz
Publicado em: 07/06/2017

O político é conhecido por sua imagem. Sua personalidade real e total permanece inacessível ao comum das pessoas, aos eleitores em geral. Somente os que privam de sua intimidade a ela têm acesso.

Por isso, a imagem de um político é tão importante na sua vida pública, quanto a sua personalidade o é na vida privada, já que ela é, em última análise, a sua personalidade pública. A defesa da imagem, contra os ataques que visam comprometê-la, é pois, uma preocupação constante do político, e uma área onde ele não pode revelar hesitação.

A reputação, é um dos componentes da imagem. A imagem a contém. Ela assinala, na maioria das vezes, o traço mais marcante e mais forte da imagem. A imagem de um político é, invariavelmente, descrita por uma pluralidade de atributos, já a reputação tende a ser definida de maneira singular.

A reputação, como é óbvio, pode ser tanto positiva quanto negativa. Na vida privada, a situação é clara: positivo é positivo, e negativo é negativo. Já na vida política, a situação não possui a mesma clareza.

Este texto pertence a uma coluna com acesso restrito, para continuar lendo cadastre-se e escolha entre um dos planos de assinatura.

Assine Aqui

Já sou assinante

Informe seus dados abaixo para continuar.



Esqueci minha senha

 

COMPARTILHAR

Área do usuário:

E-mail

Senha

> Esqueci minha senha

> Quero me cadastrar

Curta nossa página no Facebook Siga-nos

Opinião do leitor

Gostei muito do site. Espero que possamos continuar este intercambio, pois nós vereadores do interior precisamos de muita ajuda. Obrigada!

Sonia Maciel de Almeida
Santana - BA

Leia mais >>